"> Mercado de Renda Variável - Certificações

10 de Janeiro de 2017

Mercado de Renda Variável - Certificações

Escrito por: Veridiana Freire

Em parceria com a UFABC FINANCE, colaboramos com a elaboração da edição sobre Renda Variável do boletim Finance News. Este é um dos textos que compõem o boletim.

Devido à grande quantidade de produtos ofertados pelo mercado financeiro, a qualificação e especialização dos profissionais que atuam na área tornou-se essencial. Para isso, as certificações visam capacitar tais profissionais para que os clientes possam ter um auxílio correto durante o processo de investimento. Sua validade no mercado é como um “selo de qualidade” do profissional.

Em 2002, o Banco Central do Brasil e o Conselho Monetário Nacional tornaram obrigatórias certificações para profissionais que possuem contato direto com os investidores na comercialização de produtos de investimento – ou seja, todos os valores mobiliários e ativos financeiros. Além disso, existem diversas outras certificações opcionais com as mais diferentes finalidades.

Atualmente, as certificações financeiras mais procuradas pelos profissionais do mercado financeiro são:

CNPI (Certificado Nacional do Profissional de Investimento): com exame realizado pela APIMEC (Associação dos Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais), a certificação é obrigatória para profissionais que realizam análises fundamentalistas, técnicas e desenvolvem relatórios. Profissionais que possuem a certificação CNPI são aptos a realizar recomendação de investimentos.

CPA (Certificação Profissional ANBIMA – Séries 10 e 20): com exames realizados pela ANBIMA (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais), a certificação é obrigatória para profissionais que atuam na oferta de produtos de investimento diretamente ao investidor e na manutenção de carteiras de investimentos. A CPA-20, diferentemente da CPA-10, é destinada a quem atua com investidores qualificados, em segmentos de private e corporate. Atualmente, existem 334.841 profissionais que possuem a CPA-10 e 84.562 profissionais que possu-em a CPA-20.

CEA (Certificação de Especialista de Investimento ANBIMA): um nível acima do CPA, a certificação se destina a profissionais que assessoram decisões de investimentos de clientes (pessoas físicas) em agências bancárias ou plataformas de investimentos. Hoje, 1.978 profissionais possuem a CEA.

CGA (Certificação de Gestores ANBIMA): com exame também realizado pela AMBIMA, a certificação tem como objetivo capacitar profissionais para a gestão de carteiras e ativos de terceiros, ou seja, tais profissionais são aptos a tomar decisões para investimentos de clientes. Atualmente apenas 817 profissionais do mercado possuem a CGA.

CA-300 (Certificação Profissional ABECIP – Série 300): com exame aplicado pela ABECIP (Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança), atende a resolução 3.954 do Banco Central e promove o aperfeiçoamento dos profissionais que pos-suem contato direto com clientes para a comercialização de produ-tos imobiliários.

CA-600 (Certificação Profissional ABECIP – Série 600): com exame também aplicado pela ABECIP, a certificação é obrigatória para profissionais que atuam no crédito imobiliário e na estruturação de operações financeiras com lastro em imóveis.

CFP (Certified Financial Planner): com exame aplicado pelo IBCPF (Instituto Brasileiro de Certificação de Profissionais Financeiros), a certificação é voltada para pla-nejadores financeiros e Private Bankers que auxiliam na gestão estratégica do patrimônio de investidores de alta renda.

CFA (Chartered Financial Analyst): com exame sob responsabilidade do CFA Institute, a certificação é opcional, mas é a principal do mercado, considerada como um MBA em finanças e reconhecida mundialmente no mercado financeiro. Para ser aprovado, o profissional precisa passar por três provas feitas em inglês, onde terá testado seu conhecimento sobre diversos tópicos acerca das áreas de finanças, economia, ética, entre outras.

Para auxiliar na preparação para as certificações, plataformas online de ensino a distância são amplamente utilizadas. Uma das mais conhecidas pelos profissionais para a preparação para os exames da CPA-10, CPA-20 e CEA é a plataforma do Professor Edgar Abreu, que oferece apostilas e simulados de forma totalmente gratuita (http://ead.edgarabreu.com.br/). Outras diversas instituições possuem cursos preparatórios online e presenciais, como a FK Partners, única organização brasileira especializada no treinamento para os três níveis do exame CFA.

As certificações opcionais, por serem mais específicas, normalmente são relevantes para determinados cargos e objetivos profissionais. Além disso, a posse de certificações não obrigatórias é considerada vantagem na hora da contratação do profissional.

Algumas instituições oferecem cursos preparatórios internamente para capacitar seus funcionários. O Banco do Brasil, por exemplo, desenvolve cursos de preparação para o CPA-10 e CPA-20, exames obrigatórios para cargos bancários que lidam diretamente com a venda de produtos de investimento para os clientes.

Segue abaixo a tabela com os valores para inscrição nos exames de certificação:

 

NEWSLETTER

Postagens Populares